Mais rotina, por favor!

Tantas mães me questionam se é preciso MESMO ter rotina. E a verdade é que todos nós precisamos de rotina e previsibilidade para nosso bem-estar emocional. Isso nos traz um senso de organização e segurança imensuráveis. Mesmo que não goste da mesmice, gosta do seu travesseiro, da sua cama, da sua casa. Gosta de saber quando a visita chega, gosta de planejar o dia de amanhã.

Além de segurança, precisa de rotina para a manutenção do funcionamento de seu relógio biológico, como o sincronismo do dia e da noite. Este sincronismo permite ao seu organismo a começar o preparo para dormir com a produção de melatonina, um hormônio que promove  o relaxamento dos nossos músculos e nos deixa sonolentos.

Os bebes são ainda mais sensíveis ao ritmo circadiano e ao relógio biológico. Sentem a variação do dia de maneira muito mais poderosa que nós adultos da atualidade (lembre-se: seu avô, a 50 anos atrás, não estava exposto a tanta tecnologia, equipamentos eletrônicos, TV e atividades noturnas que o desviavam do sono reparador. Dormiam cedo, 19:30h, como os bebês!!!). Ou seja, seu bebê não dorme cedo, simplesmente está respeitando sua natureza, seu relógio biológico. O dia não tem escurecido mais tarde porque estamos amis ativos. Nossa geração é quem está lutando contra a natureza e atrapalhando o sono das crianças nessa loucura! Não lute contra a natureza e descobrirá que seu filho dorme muitíssimo bem!!!

A rotina é o melhor instrumento para conseguirmos acompanhar o ritmo da criança e consequentemente, respeitar seu relógio biológico. A rotina possibilita entender seu filho de forma mais prática. E não há presente melhor para pedir ao Papai Noel: um filho feliz com uma mãe que sabe ler seus sinais como ninguém!